Contrate

18/02/2009

"Loiros em fuga..."

"Como um silêncio ao contrário.
Enquanto espero, escrevo uns versos.
Depois rasgo."


Adriana Calcanhoto - Uns Versos

E, inspirado na canção de Adriana Calcanhoto “Uns Versos”, venho aqui escrever nesse diário (que, ultimamente, encontra-se mensal devido a minha falta de tempo e disposição para tal). Afinal de contas, recentemente, eu só tenho entrado na Internet para falar com três, quatro pessoas (as outras eu vejo todo dia) e responder e-mails. A única diferença é que eu não vou rasgar, neste caso: apagar, os versos que estou criando.
Muitas coisas aconteceram em minhas férias. Fui à capital buscar Dalila!! E olha que encontrei, viu? Encontrei demais! Todos os dias que passei em Salvador foram maravilhosos. Simplesmente inesquecíveis. Os shows do Festival de Verão foram inexplicavelmente emocionantes! Conheci pessoas, lugares, sabores, cheiros e Dalilas que nunca irei esquecer! E, descordando da música de Jota Quest, um dia feliz só é raro quando não se está em Salvador! Porque lá, todos os dias são de pura felicidade!
Eis que as aulas voltaram! Já estamos lá batendo cartão todo santo dia. O melhor de cada retorno, além de rever aquelas pessoas que nós só encontramos nos corredores dos pavilhões, é a chegada dos calouros. Ain, é tão bom ver gente nova a cada semestre. Parece que vai ficando cada vez mais interessante... e fica, viu? É babado. Sem contar que a paixão pelo jornalismo cresce a cada instante.
Vejo uma nova temporada de festas (da sociedade e particulares, é claro!), idas ao cinema, sleepovers, viagens, congressos (ai, CONECADES), seminários, mais laços sendo feitos, e, porque não, sendo refeitos? Ou reforçados? A cada momento vivido e compartilhado com o outro, cria-se um novo olhar sob a perspectiva de um mesmo assunto. É quando um “eu te amo”, um “sinto falta do seu carinho” ou um “você é muito especial pra mim” passa a ter um sentido completamente diferente.
Ah! Caríssimo leitor imaginário, já ia esquecendo, levei um exato mês (de 15 de dezembro à 15 de janeiro) para perceber uma coisa: nós nunca devemos tratar como prioridade, aqueles que nos tratam como opção. A resposta à um tratamento, é o tratamento que lhe é oferecido. Faça como eu, encontre sua Dalila e fuja ligeiro! Ligeiro! Ligeiro! Ligeiro!

“Porque, às vezes, aquela montanha que você está escalando é só um grão de areia.
O que você esteve sempre procurando, está em suas mãos.
Quando você perceber, no final das contas, amor é tudo o que importa.”

Carrie Underwood – So Small

6 comentários:

Luísa disse...

"um dia feliz só é raro quando não se está em Salvador! Porque lá, todos os dias são de pura felicidade!"

EU SUPER CONCORDOO!

Ainnn! Conecades!!
Ain faculll!

E euu ameiiiiiiiiiiiiiiiiii esse final!!!

Fuja ligeiro! kkkkkkkkkkkkkkkkk!

Isso mesmo opção a gente trata como opção!

beijoo, meu dalilo

Luísa disse...

P.s.: Loiros em fuga é maraaa!

kkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Caramba Dan fiquei pasma :O Como você escreve beeem! Não é pra menos né? Você faz jornalismo.
Fico feliz que Salvador tenha superado suas expectativas.
Adorei a conclusão do seu texto. Triste é quando valorizamos alguém que não nos considera igualmente.
Um beeeijão. Você está arrasando *.* ;** by Nyne. :)

As quebradeiras disse...

HAHAHAHAHA Vai lá caçador de Dalilas!

Ryan disse...

HAHAHA

Nãooo Dan, eu me referia a experiências já vividas! Mas que bom que você encontrou sua Dalila e está feliz =P

Mas tenho que chamar atenção para uma coisa aqui:

você por acaso disse CONECADES?
UOUUU


DANNN, nos vemos lá [ou não né, tanta gente!!!]

Abração negoww

Marcelo / Emerald Sohma disse...

Cara, você escreve muito bem!

Eu nunca me interessei muito por Salvador, sabe-se lá o motivo, mas parece ser realmente um lugar ótimo para se visitar...
Aliás, adorei as fotos que você colocou no orkut!

Nossa, Jornalismo! Era minha opção para o vestibular, mas me deu aloka e acabei mudando de opinião na última hora... @_@
Mas, ainda pretendo cursar um dia...
Aliás, você está em qual ano?

Nem me fale na chegada dos calouros! Conhecerei meus primeiros bixos esse ano, mal posso esperar! *-*
Seminários... Poderia morrer sem eles.

"nós nunca devemos tratar como prioridade, aqueles que nos tratam como opção. A resposta à um tratamento, é o tratamento que lhe é oferecido."
Gostei muito dessa parte. Concordo completamente contigo.
Isso é algo que pretendo me lembrar sempre...

Enfim, adorei o seu blog!
Poste sempre! ^^


Contrate