Contrate

11/06/2009

"Comentário..."

Ao ler o blog da minha amiga Janyne, percebi que a situação em que ela está passando nesse momento já foi vivida por mim há alguns meses. Decidi, então, postar aqui o comentário que fiz no post dela, chamado: Mais Chances.

"Ano passado, quando voltei a postar no blog, eu escrevi sobre isso: Devemos agir com a cabeça ou seguir nosso coração?
Provavelmente, estava passando pelas mesmas coisas que você está passando agora. Eu, só agia com o coração e a pessoa... com a cabeça!

Foi difícil pra mim seguir em frente, depois desse meu post, vieram vários outros textos tristes, chorosos, de arrependimento, mas uma coisa eu tenho certeza: Tudo valeu a pena!

Nyne, as experiências de outras pessoas nos ajudam a entender certas adversidades. Mas, nada como nós mesmos passando por todos esses problemas e percebendo, a cada momento que a gente olha no espelho, o quanto a gente cresce com isso!"


Eu mesmo cresci muito! Estou com 1,84m! Sinal de que quebrei muito a cara por aí, né?! Haha. Caro leitor imaginário: quebre a cara, cresça, divirta-se nesse final de semana prolongado e um feliz dia dos namorados! Xoxo!

6 comentários:

Luísa disse...

Se eu quebrar a cara será q chego pelo menos a 1,64? rsrs

Milca disse...

Se eu quebrar a cara será q chego pelo menos a 1,64? rsrs [2]
KKKKK

Dia dos namorados.. nem me fale nisso.
;*

Ryan disse...

Eu já li esta postagem!!

hehehe, a algum bom tempo... claro!

Feliz dia dos namorados amigooo!

Ausência Instável disse...

Bom, vou dizer um pouco de mim, que me identifiquei com vocês dois.

Hoje em dia, estou tão frio, e ao mesmo tempo seguro das minhas decisões que eu me permite não sofrer, isso quer dizer ter maturiedade não apenas na consciencia, mas nos sentimentos.

Sentir é inevitável,
SOFRER É OPCIONAL.

Agente quebra a cara mesmo, é assim que aprendemos.

Abração!!!
Gostei do BLOG!

Anônimo disse...

Sempre adoro os seus posts...Parabéns, escreve muito bem.

Anônimo disse...

http://papelpop.com/filhos-da-britney-dancam-toxic/


Contrate